14–12–20

Fantasmas: Caminho Longo para Casa vence o Prémio Doc Alliance 2020

Fantasmas: Caminho Longo para Casa, realizado por Tiago Siopa e produzido pela Primeira Idade, é o vencedor do Prémio Doc Alliance 2020.
No filme, o realizador mergulha no universo da família paterna, na sua aldeia natal, procurando e revelando os fantasmas e as superstições que a habitam.

Segundo o Júri, o filme é “profundamente enraizado no universo pessoal do realizador, ao mesmo tempo que aborda a ideia de colectivo – o particular e o geral, o psíquico e o não psíquico, surgem entrelaçados uns nos outros, criando uma nova e imersiva realidade”.

O filme escolhido pelo Doclisboa integrou o Arché – Espaço de Desenvolvimento Criativo da Apordoc, em 2018, sob a tutoria de Andrés Duque, tendo vencido o Prémio RTP para melhor projecto, e teve a sua estreia mundial no Doclisboa 2019, na competição portuguesa.

Tiago Siopa, que já tinha levado para casa o Prémio de Melhor Filme da Competição de primeiras obras, First Lights, no Festival de Documentário de Jihlava 2020, receberá um prémio monetário de 5.000 euros para o desenvolvimento do seu próximo filme.

A cerimónia de entrega do prémio, que se realizou em formato online, contou com a presença dos directores dos sete festivais-membros, os nomeados e o júri (do qual faz parte Cláudia Marques Santos, jornalista e crítica de cinema da Revista Visão)

O filme encontra-se disponível até dia 24 de Dezembro na plataforma da Dafilms (juntamente com Never Whistle Alone e El Father Plays Himself.)

Conheça a lista completa dos nomeados que integram a Selecção Doc Alliance 2020 aqui.