CINEMATECA BRASILEIRA
23 OUT / 21.15, Culturgest – Pequeno Aud.

Em Julho deste ano, um incêndio deflagrou na Cinemateca Brasileira, destruindo parte do seu acervo e do edifício. Este trágico acontecimento vem na senda de uma política governativa que atenta directamente contra o património que pode pluralizar a história do Brasil. Convidámos Sergio Silva, ex-programador da Cinemateca Brasileira, a programar esta sessão em que nos traz imagens que estão em risco, imagens que não se podem perder.

21 OUT / 21.15, São Jorge – Sala 3
27 OUT / 21.30, Culturgest – Grande Aud.

Sunny faz entrevistas sobre os mais variados temas para estudos sociológicos. Com ela, entramos nas casas de habitantes de Tbilisi e aproximamo-nos de uma sociedade que fala dos seus medos com a mesma abertura com que fala dos seus sonhos e desejos. Em A Midsummer Night’s Road, a realizadora acorda a meio da noite, rouba a câmara do namorado e sai à rua para entrevistar trabalhadores que pavimentam a estrada na véspera do Dia de São Valentim.

23 OUT / 21.30, Culturgest – Grande Aud.
25 OUT / 10.30, Culturgest – Grande Aud

Sara é activista dos direitos das mulheres e a primeira taxista no Afeganistão. Ouvimo-la falar sobre este país, que quer mudar, antecipando dificuldades que hoje já são reais. Ao longo do filme, vemo-la lutar pela emancipação de outras mulheres, ensinando-as a conduzir. Em Orchestra from the Land of Silence, uma orquestra de jovens afegãs prepara o seu primeiro concerto na Europa.

22 OUT / 16.00, Culturgest – Grande Aud.
27 OUT / 16.00, Culturgest – Grande Aud.

Bill Morrison segue a descoberta de um filme soviético na rede de um pescador. As latas de película estavam no fundo do Oceano Atlântico, a 20 milhas da costa da Islândia. Neste filme, revela-se um tempo perdido. Em Sol de Campinas, olhamos os gestos de trabalho de um grupo de arqueólogos no Estado de Acre, no Brasil. Entre o terreno e o laboratório, investigam a construção do território.

28 OUT / 18.30, São Jorge – Sala M. Oliveira
31 OUT / 21.45, Culturgest – Pequeno Aud.

Três filmes que confrontam o mundo e trazem consigo outros caminhos. Uma incursão pelo Bairro da Jamaica durante o isolamento necessário para prevenir a COVID-19 e a organização dos moradores para se protegerem uns aos outros. Activistas iranianos reclamam os espaços públicos de Teerão com microfone e cara tapada para materializar a utopia. A luta de um grupo de activistas ambientais que vêem em risco o lugar que habitam com a construção de um aeroporto.

Secções