logo doclisboa

Secções

Competição Internacional

Filmes recentes do mundo inteiro com poéticas, formas e durações diferentes, obras únicas que mapeiam o cinema contemporâneo questionando-se a si mesmas e aquilo que retratam. Filmes produzidos após Setembro de 2021, em grande medida estreias internacionais ou mundiais.

Competição Portuguesa

Filmes de realizadores e/ou produtoras portugueses, sem quaisquer limitações em termos de formato ou duração. Esta secção apresenta um panorama da diversidade de visões, práticas e linguagens no cinema português contemporâneo através de uma selecção rigorosa, aberta e atenta de filmes. Filmes produzidos após Setembro de 2021, em grande medida estreias internacionais ou mundiais.

Riscos

Riscos explora as possibilidades do cinema enquanto lugar de experimentação cinematográfica, tanto a nível de práticas como de programação. Coloca propostas e tendências recentes ousadas e inovadoras em diálogo com momentos radicais do passado do cinema. Categorias, formatos e durações são aqui postos em causa por um cinema que acredita que a realidade, mais do que captada pela câmara, é reconstruída.

Da Terra à Lua

Estreias dos últimos filmes de documentaristas fundamentais fora de competição. Uma selecção de obras que nos permitem ver os mundos de ontem, hoje e amanhã através de visões e histórias poderosas.

Heart Beat

Nesta secção, encontram-se filmes que exploram todas as formas de arte e expressão, numa celebração da criação. Música, desporto, literatura, artes visuais e performativas… As artes pulsam no Doclisboa, não apenas no ecrã.

Cinema de Urgência

As sessões do Cinema de Urgência constroem-se em torno de problemáticas contemporâneas que exigem a constituição urgente de uma comunidade de discussão. A secção apresenta filmes oriundos de redes sociais e outras fontes que dão resposta às lacunas nas narrativas dos meios de comunicação e estão firmemente ancorados na realidade, desafiando os cidadãos a serem membros activos de uma sociedade em constante mudança.

Verdes Anos

Estreias mundiais e internacionais de filmes europeus de qualquer duração de estudantes e novos realizadores a darem os primeiros passos no cinema. A secção estabelece uma plataforma de diálogo e reflexão, procurando contribuir para a evolução de novos realizadores. Verdes Anos tem a sua própria competição e júri e todos os anos apresenta um programa de uma escola convidada.

Doc Alliance

O Doclisboa, em colaboração com outros seis festivais de cinema europeus, integra a rede internacional Doc Alliance, tendo como objectivo apoiar o cinema documental independente. Os sete festivais apresentam na sua programação os filmes nomeados aos Prémios Doc Alliance – para Melhor Curta e Melhor Longa-Metragem, os quais são atribuídos por um júri formado por críticos internacionais.

 

Competições Transversais a todas as secções, excepto retrospectivas e Cinema de Urgência

Prémio Revelação – Prémio Canais TVCine para Melhor Primeira Longa-Metragem (mais de 60’)

Prémio Melhor Curta-Metragem (até 40’) 

Prémio Lugares de Trabalho Seguros e Saudáveis – Prémio Agência Europeia para a Segurança no Trabalho para Melhor Longa-Metragem de Temática Associada ao Trabalho

Prémio Prática, Tradição e Património – Prémio Fundação INATEL para Melhor Filme de Temática Associada a Práticas e Tradições Culturais e ao Património Imaterial da Humanidade

Prémio Fernando Lopes – Prémio Midas Filmes e Doclisboa para Melhor Primeiro Filme Português