29–07–2021

Adeus a Jean-François Stévenin

Jean Francois Stevenin doclisboa

Em Outubro de 2018, Jean-François Stévenin chega a Lisboa para apresentar  a sua filmografia enquanto realizador, no Doclisboa. Três filmes em cópias restauradas, Passe Montagne (1978), Doubles Messieurs (1986) e Mischka (2002). Foram sessões seguidas de conversas generosas e tão livres quanto o próprio Stévenin. Colaborador de Godard a Pialat, de Rivette a Demy, incluindo um papel em Silent Streams, de Philippe Ramos, Stévenin é presente numa filmografia vasta e impressionante. É com tristeza que o Doclisboa recebe a notícia da morte do realizador e actor francês que nos levou ao longo de várias décadas numa viagem pela mão do cinema.