De Onde Venho, Para Onde Vou

8 MAI / 19:00 / Culturgest / 58’

Cinco olhares sobre a memória e a distância. Em Da Minha Janela, procura-se o exterior. Me More é a reminiscência de um sonho em que as vozes e os corpos se perdem e se encontram na natureza. Cristina confronta as memórias secretas escritas num diário com as imagens em super 8mm de uma família aparentemente feliz. 42.ZE.66 acompanha uma camionista nas estradas internacionais com a família e os amigos a ecoar em chamadas telefónicas. Em Para outra maré, as praias de Moledo e um pinhal lembram gestos passados.

10 MAI / 19:00 / Culturgest / 129’

Numa torrente de imagens e sons de arquivo acompanhados de excertos das suas próprias obras e filmes, Ottinger ressuscita os velhos Saint-Germain-des-Prés e Bairro Latino com os seus cafés literários e clubes de jazz e revisita encontros com exilados judeus, a vida com a sua comunidade artística, a visão do mundo dos etnólogos e filósofos parisienses, as convulsões políticas da Guerra da Argélia e do Maio de 1968 e o legado da época colonial. “Segui as pisadas das minhas heroínas e dos meus heróis”, conta Ottinger. “Onde quer que os tenha encontrado, é aí que surgirão neste filme.”